.
Mil acasos me levam a perder o senso, o ritmo habitual. Mil acasos me levam a você no início, no meio ou no final, me levam a você de um jeito desigual.. Mil acasos apontam a direção, desvios de rota é tão normal. Mil acasos me levam a você no mundo concreto ou virtual, me levam a você de um jeito desigual..."
.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livro Corpo Fechado ~ Robson Pinheiro

Mandalas - Geometria Sagrada

Livro Medicina da Alma ~ Robson Pinheiro