A Mão Esquerda de Deus ~ Paul Hoffman


O Santuário dos Redentores é um lugar desolador, onde só existe tortura e crueldade, lá não existe vínculo de amizade ou confiança. Os meninos que lá vivem, também chamados de acólitos, são criados a base de luta e medo, onde cada resposta incorreta ou até mesmo um olhar que não agrade o Redentores pode valer uma surra pesada. Não existe muita diferença entre um campo de batalha e o Santuário. Tratados pior do que vermes os acólitos estão acostumados com a brutalidade e são treinados para esperar o pior. Thomas cale é o protagonista da história, um menino de 14 treinado com crueldade para matar, instigado a não confiar nem sentir piedade de ninguém.Certo dia, em meio a violência, Cale e seu “amigos” Henri Embromador e Kleist fugindo de uma punição, descobrem um túnel secreto que leva a um lugar onde eles avistam pela primeira vez meninas. Todos ficam muito surpresos, pois é expressamente proibido mulheres no Santuário. Os redentores pregam que as elas (mulheres) são um joguete do Diabo e qualquer um que tenha contado com elas deve purificado (queimado, ou fervido em banha quente). A partir daí os meninos ficam curiosos e percebem que há algo extremamente errado no Santuário. Quando Cale presencia uma atrocidade cometida por um redentor, algo tão horrendo e aterrorizante, que se torna a gota d’água e em um ataque de fúria e medo Cale mata um redentor e salva a vida de Riba, uma das garotas que eles viram, sem nenhuma alternativa e desesperado ele, juntamente com Riba e seus amigos foge para longe do Santuário, algo que ninguém nunca havia conseguido antes. Eles atravessam a floresta e chegam ate Memphis, onde Cale conhece personagens importantes que transformam vida para sempre.










Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Terra de "Egos", quem vê o outro é Rei

Você é um Trabalhador da Luz em Missão na Terra? Descubra!

O Sentido da Vida