12 aspectos que apenas um Iluminado irá entender

A iluminação não é um estado remoto de consciência que nós precisamos alcançar em algum momento no futuro, mas é o coração da nossa natureza. A iluminação é a nossa verdadeira natureza interior. Infelizmente, durante a nossa busca espiritual, a maioria de nós foi alienada dela; podendo até mesmo esquecê-la. Ela é, no entanto, permanente em nossa vida, mas nós simplesmente a ignoramos. Nossa atenção está sempre envolvida por algo, por isso, muito raramente nos damos ao trabalho de olharmos para nós mesmos. Ainda assim, se formos capazes de concentrar a nossa atenção em nós mesmos, aquele breve momento de consciência alerta seria o suficiente para reconhecermos que essa é a nossa verdadeira natureza interior. No estado da consciência alerta, podemos experimentar o silêncio, e nele reconhecemos as seguintes verdades:

1.Nós experimentamos a natureza dos desejos, a variabilidade constante do mundo de formas e formas, onde nada é duradouro, tudo é dialético, mutável. Somos capazes de abandonar os nossos desejos e ambições.

2.Nós acordamos do feitiço hipnótico de nossa história pessoal. Já não acreditamos no que firmemente consideramos como a nossa própria história pessoal. Esta experiência pode nos levar ao ponto de questionar a veracidade daquilo que acreditávamos ser verdade em relação a nós mesmos.

3.Quando acordamos do sono da identidade pessoal, reconhecemos que somos o espaço livre da Consciência. Nós não somos idênticos as formas que aparecem neste espaço, mas somos o próprio espaço, o espaço que permite que as formas apareçam e as mantêm vivas.

4.O nosso desenvolvimento interno, portanto, não depende apenas da nossa experiência de vida; depende muito mais da nossa capacidade de desviar a nossa atenção do mundo exterior para nosso mundo interno. Somos capazes de nos afastar dos padrões da mente, programados pelos nossos Egos, e há um profundo desejo de conhecer a verdadeira resposta para a pergunta “Quem sou eu?”

5.O autocontrole real nasce a partir do reconhecimento e compreensão do significado da vida. Esse tipo de autocontrole irá libertar a nossa consciência do estado de identificação com o mundo de formas e formas. Ele vai criar um espaço entre nós e as funções da mente, e nesse espaço a capacidade de ver e compreender vai nascer.

6.Nós somos capazes de reconhecer a natureza basicamente dual da existência, o fato de que a felicidade está enraizada na infelicidade, nos permite dizer sim com prazer para as coisas que estão acontecendo para nós.

7.Atualmente, o programa das nossas expectativas internas já foram dissolvidos, e nós já não nos identificamos com as nossas expectativas das outras pessoas.

8.Estamos agora conscientes de que sofrimentos são de fato nossos ajudantes, e podem acelerar o processo através do qual a Consciência acorda no corpo que, anteriormente e erroneamente, considerávamos nossos próprios.

9.Vamos aceitar prontamente qualquer coisa que o momento nos trouxer, seja alegria ou tristeza, porque vamos estar plenamente conscientes de que todos estes são partes do mesmo jogo.

10.Tudo criado para nós por outras pessoas é transitório, mas o que criamos para nós mesmos será duradouro e permanente.

11.Todo mundo deve encontrar em si mesmo o que está procurando.

12.Esclarecimento somos nós mesmos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Terra de "Egos", quem vê o outro é Rei

Você é um Trabalhador da Luz em Missão na Terra? Descubra!

O Sentido da Vida