Por que nós caímos?


Caímos e nos levantamos inúmeras vezes durante a vida... porquê?

As pessoas mergulham num mundo materialista, consumista, ilusório, sem amor, sem vida, sem contato com a natureza… Os relacionamentos são superficiais, não há afeto, não há reciprocidade, somente se usa o outro, se mente ao outro, se tenta controlar o outro.
As pessoas valem mais pelas palavras que proferem, do que pelas atitudes que têm; valem mais pela imagem que projetam, do que pela sua essência, valem mais pelo que possuem do que pelo que são.
Depois de envolver-se intensamente nesse mundo materialista e vazio, sentem-se insatisfeitas, ficam doentes, e vão se entupir de remédios alopáticos e antidepressivos, que não vão resolver o problema, mas apenas criar uma falsa sensação de saúde e uma ilusória sensação de alegria.
E depois de tudo isso, ainda querem ser felizes… Acham que a felicidade será encontrada no próximo jogo de futebol de domingo, no churrasco do fim de semana, nas novelas, em reality shows e em outras futilidades efêmeras. Consolam-se no mundo da mídia e do entretenimento acreditando que é possível fugir do real…

E depois ainda perguntam: onde foi que eu errei?

A resposta é muito clara:
Você errou em valorizar as coisas banais, transitórias e vazias ao invés daquilo que é real.
Você errou em optar pela ilusão consoladora ao invés da verdade impactante.
Você errou ao tratar o ser humano como algo a ser manipulado, e não como um parceiro evolutivo. Você errou em acreditar na arrogância ao invés de acreditar na humildade.
Você errou em buscar no passageiro algo da ordem do eterno.
Você errou em trocar o amor pela ilusão.

Mas não se preocupe, ainda dá tempo de consertar tudo isso. Como?

Escolha a verdade, e não a ilusão.
Escolha o amor, e não a indiferença.
Escolha a humildade, e deixe de lado a soberba.
Escolha relacionamentos profundos e amorosos, e não meras conveniências humanas.
Escolha viver de acordo com sua natureza, e não a renegando o tempo inteiro.
Escolha… finalmente… ser você mesmo e despertar a essência que sempre esteve presente em ti.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Terra de "Egos", quem vê o outro é Rei

Você é um Trabalhador da Luz em Missão na Terra? Descubra!

O Sentido da Vida