A Mudança do Mundo começa dentro de Você

Estamos passando por um momento onde a sensação é a de que um dedo está sendo colocado em todas as feridas. E isso decorre do fato da Terra estar aumentando sua frequência, fazendo com que as sombras fiquem cada vez mais evidentes. E a ferida permanecerá aberta enquanto houver a crença na ferida. Em outras palavras, a ferida continuará aberta enquanto houver a identificação com o medo, com a culpa, com qualquer tipo de negação ao amor.
A programação que recebemos pra manter todo esse sistema sórdido está finalmente entrando em colapso. Existe muita gente desperta. Mas muitos ainda olham para fora, querendo mudanças externas, o sistema, o governo, o país, os pais... caminho errado. Só podemos transformar o mundo, transformando a nós mesmos, nos conhecendo e assim nos reprogramando. Vivendo o céu, mesmo no inferno. 
Vê se não tem alguma coisa errada? - A maior parte das pessoas vão para o trabalho todos os dias pensando apenas no pagamento. Trabalham muito ao longo da semana, sofrendo pelo trabalho, sofrendo pela ação não porque gostem, mas porque sentem que devem. Precisam trabalhar porque precisam pagar o aluguel sustentar a família. Carregam toda essa frustração e, quando recebem o dinheiro, estão infelizes. Têm dois dias para fazer o que desejarem, e o que fazem? Tentam escapar. Ficam bêbados porque não gostam de si mesmos. Não gostam de suas vidas. Existem muitas formas de magoar a nós mesmos quando não gostamos de quem somos.
Somos co-criadores de absolutamente tudo o que acontece em nossas vidas. Se olharmos com os olhos do espírito, veremos que até mesmo os crimes que sofremos são tramas karmicas; são jogos divinos. A vítima sempre está dos dois lados da arma. Você sempre está onde precisa estar para dar conta do seu karma e aprender o que precisa ser aprendido. Você é o único responsável por tudo de bom ou ruim que lhe acontece.
Independentemente do caminho que faça, algum dia você chegará ao autoconhecimento. E o verdadeiro autoconhecimento só é possível se o olhar realmente for para dentro, ou seja, se for acompanhado da auto-responsabilidade. Enquanto você não compreender que é o protagonista da própria vida, que é o responsável pela situação em que se encontra, seu olhar estará fixado exatamente no lado oposto de onde deveria estar. Somente a partir de um estado de não julgamento é que você realmente consegue enxergar a realidade como ela é. Enquanto dentro de você houver algum tipo de julgamento, haverá um véu o separando da realidade, uma camada de ignorância que te impede de enxergar além.
Sua realidade é criada a partir do sistema de crenças que você possui. Então se você acredita que é necessário sofrer para evoluir, o sofrimento fará parte da sua caminhada. E ao atrair o sofrimento você confirma a sua teoria, alimentando assim o círculo vicioso do sofrimento. E para sair dessa situação, é preciso que exista expansão da consciência, é preciso que você acredite em uma vida baseada no amor.
Uma das crenças mais enraizadas no ser humano é a de que o outro é culpado pela sua infelicidade. Enquanto não perceber que é você quem gera sua própria perturbação, não será possível fazer nada a respeito. Quando não assume responsabilidade por aquilo que acontece, você coloca sua vida na mão do outro, e muitas vezes é mais fácil acusar o outro pela sua infelicidade, porque assim você encontra desculpas para continuar não fazendo nada a respeito. A crença de que a felicidade depende do outro é justamente o que te impede de ser feliz. Questione essa falsa crença: será mesmo que só consigo ser feliz se o outro estiver agindo da maneira que eu espero? Provoque a auto-responsabilidade.
Enquanto dentro de você existir o não merecimento, a sensação de falta irá te acompanhar. E a escassez é diretamente proporcional ao tamanho da crença no não merecimento. Você é Deus, possui toda potencialidade criativa, o único limite é aquele imposto pela própria consciência. Permitir nem sempre é fácil, no início, assim, não desista. Você é digno, você merece todas as coisas maravilhosas que a vida tem a oferecer. Se não se sentir assim, procure maneiras para transformar estes pensamentos e sentimentos, pois eles são o maior obstáculo que você precisa superar. Não há tempo para “sim, mas...” em sua vida, você deve acreditar que é assim.
Observe o que você tem e tudo o que você já fez e criou, e orgulhe-se de si mesmo. Acredite em si mesmo e saiba que você tem os talentos e habilidades para ser bem sucedido no que escolher e receba as recompensas que busca. Permita os milagres em sua vida, tomando a decisão de não mais permitir que crenças limitantes ou o condicionamento ou o medo o impeçam de fazer as melhores escolhas para você. Procure o conselho daqueles que se atreveram a realizar os seus sonhos. Não ouça aqueles que dizem para agir com segurança e nunca se atrever a sonhar.
Somos condutores de energia. Se desejamos o bem, o bem vem. Se espalhamos amor, o amor fica. Se sorrimos, sorrisos recebemos. Pode demorar. Pode não ser sempre. Mas se tem uma coisa que a vida faz é ser grata, desde que sejamos com ela. Se tem uma coisa que o Universo faz é ser justo, desde que sejamos com nosso próximo. As coisas acontecem. A bondade existe. O amor vence. E toda positividade precisa circular.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Terra de "Egos", quem vê o outro é Rei

Você é um Trabalhador da Luz em Missão na Terra? Descubra!

O Sentido da Vida