.
“Veja, eu estava saindo com alguém, mas ele saia com várias outras garotas. Acontece que ele não estava tão apaixonado como eu imaginava. O que eu quero dizer é que eu sei como é se sentir extremamente pequena e insignificante, e como isso dói em lugares que você nem sabia que existia. E não importa quantos cortes de cabelo, quantas academias você frequenta, ou quantas garrafas você toma com suas amigas, você continua indo pra cama todas as noites repassando todos os detalhes e se pergunta o que fez de errado, ou como pode ter entendido errado, ou como por aquele momento pensou que era feliz? Até se convence de que uma hora ele vai perceber e baterá na sua porta. E depois de tudo, ainda que essa situação tenha durado muito tempo, você vai para um lugar novo e conhece pessoas que te fazem sentir útil de novo e vai recompondo a alma, pedaço a pedaço. E toda aquela confusão, os anos desperdiçados da sua vida começam a desaparecer.”


(O amor não tira férias)
.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Terra de "Egos", quem vê o outro é Rei

Você é um Trabalhador da Luz em Missão na Terra? Descubra!

Livro Corpo Fechado ~ Robson Pinheiro