Mandalas - Geometria Sagrada

As mandalas surgiram na India há milhares de anos, como um auxílio para certas práticas avançadas de meditação hinduísta e budista. No início do século 20, o psicanalista suiço Carl Jung introduziu as mandalas ao pensamento ocidental como um instrumento terapêutico de exploração do inconsciente. 

Mandala é uma palavra em sânscrito que significa círculo, ou completude. Mandala também possui outros significados, como círculo mágico ou concentração de energia, e universalmente a mandala é o símbolo da integração e da harmoniaCada mandala cria um campo de energia e magnetismo intenso, no qual podemos buscar autoconhecimento, bem-estar, equilíbrio e relaxamento. Em rigor, mandalas são diagramas geométricos rituais: alguns deles correspondem concretamente a determinado atributo divino e outros são a manifestação de certa forma de encantamento (mantra). Representado como um yantra (instrumento, meio, emblema) circular que simboliza o Universo, levando a procura pela paz interior, procura essa que é simbolizada pelos padrões entrelaçados e que têm como finalidade a própria orientação do pensamento, uma vez que auxiliam a meditação.

Durante muito tempo, a mandala foi usada como expressão artística e religiosa, através de pinturas rupestres, no símbolo chinês do Yin e Yang, nos yantras indianos, nas thangkas tibetanas, nos rituais de cura e arte indígenas e na arte sacra de vários séculos.

Geometrias Sagradas

Geometria geo+metria = medição da terra
Geometria Sagrada = o estudo das ligações entre as proporções e formas contidos no microcosmo e no macrocosmo com o propósito de compreender a Unidade que permeia toda a Vida.
Quando o ensinamento da geometria é utilizado para mostrar a verdade ancestral de que toda a vida emerge de um mesmo padrão, podemos ver claramente que…
… a vida floresce de uma mesma fonte: a força criativa inteligente e incondicionalmente amorosa que alguns chamam de "Deus".
As verdades simples da Geometria Sagrada são o meio mais eficaz para ilustrar à nossa mente lógica a unidade de todas as coisas. O estudo das relações entre essas proporções e formas nos leva à compreensão de que tudo o que existe advém de uma única Verdade. Uma única fonte. E que somos parte dela.


Este símbolo geométrico é conhecido desde a mais remota antiguidade e chama-se “A Flor da Vida“.
Cada molécula de vida, cada célula em nosso corpo humano, cada desenho na natureza conhece esse padrão geométrico e por ele é construído. Ela é o padrão geométrico da criação e da vida, em todo lugar. Na verdade, não há nenhum conhecimento, absolutamente nenhum conhecimento no Universo que não esteja contido neste padrão da Flor da Vida. O código da Flor da Vida contém toda a sabedoria similar ao código genético contido em nosso DNA. Ao estudarmos o padrão da Flor da Vida, e os sistemas nela contidos, fica clara a ligação, a Unidade de todas as coisas. Fica claro que só há uma realidade. E que somos parte dela. A Geometria Sagrada é basicamente a geometria focada em descrever a criação e/ou consciência; o movimento da consciência pela realidade.

Significado das Cores da Mandala

Na composição da mandala um dos aspectos mais importantes são as cores. Assim, tal como as cores da flor de lótus - um dos principais símbolos budistas - também na mandala temos os seguintes significados:
Branco: simboliza a pureza.
Azul: simboliza a sabedoria, traz paz, harmonia e serenidade;
Vermelho: simboliza a compaixão, afasta a depressão, tira o desânimo e traz poder no plano material;
Amarelo: cor da inteligência, do estudo e da criatividade;

Laranja: cor da reconstrução, da correção e da melhora;
Verde: melhora qualquer estado físico negativo e cura o corpo, da mesma maneira, cura a alma quando está abatida;
Lilás: evita que as energias indesejadas se instalem.



Formação da Mandala

A mandala é basicamente constituída de alguns importantes aspectos.
O interior da mandala é um círculo que representa o Cosmo. Nele estão as divindades Hevjara e Nairatma representando a iluminação, enquanto à sua volta estão as darkinis - que são figuras femininas - representando os pontos cardeais.
À volta do círculo há aberturas, as quais representam: gentileza, compaixão, simpatia e serenidade e à volta desse quadro, por sua vez, encontram-se círculos que representam os aspectos cósmicos, a energia e a atmosfera. Fora dos círculos existem algumas figuras que têm como função a proteção.
Todas as mandalas possuem os seguintes elementos: a forma circular; o ponto central; e a repetição ou simetria das formas que constituem o desenho. 

Cada parte da mandala possui um simbolismo:
-O espaço interior, onde são desenvolvidas as formas, é sagrado, enquanto aquilo que está fora desse espaço é profano;
-O ponto central representa uma existência superior, a fonte de toda a criação;
-O desenho da mandala tem quase sempre uma estrutura geométrica que divide o espaço em porções simétricas. A emanação das figuras geométricas e do número de divisões do espaço determinam a chamada “vibração da mandala”.

Os números na mandala:
A base da mandala é definida pela divisão do espaço circular. Por exemplo, se há apenas um elemento principal dentro do espaço circular, essa mandala tem base um.
-Base um: simboliza o princípio; são fortes e estão diretamente ligadas ao conceito de Deus;
-Base dois: representa a dualidade, as polaridades opostas da energia, que se unem para gerar uma terceira força;
-Base três: representa realizações no plano da matéria a partir de motivações espirituais;
-Base quatro: está ligada ao poder e à ação objetiva;
-Base cinco: está relacionada com a leveza, a fluidez, a alegria e a alquimia; é base para as mandalas com base dez e 15;
-Base seis: é formada pela multiplicação do dois e do três, dos quais absorve um pouco os simbolismos; uma mandala com base seis quase sempre contém também o número 12;
-Base sete: extrai suas vibrações da soma dos conceitos simbólicos dos números três e quatro, que unem a elevação com a materialidade; dobro de sete, a base 14 está ligada à alquimia e à magia;
-Base oito: a sua influência é exercida no plano material com muita força; a base 16, dobro de oito, gera o número espiritual mais poderoso; e
-Base nove: essa base acalma, ajuda a estudar e a aprender, facilita tudo o que é muito especializado; a base 18, dobro de nove, gera mandalas com muita força sobre o inconsciente e suas manifestações.
Existem mandalas com duas ou mais bases numéricas, em que os conceitos e a emanação da mandala têm duas atuações distintas. Uma mandala com duas vibrações é mais fraca que uma mandala com apenas uma emanação vibracional.


A geometria na mandala:

Na maior parte das vezes, são as formas geométricas da mandala que criam as vibrações numéricas.
-Círculo: indica a área de atuação de Deus, a abrangência de seu poder, é o símbolo do céu;
-Triângulo: representa o homem em sua busca espiritual;
-Quadrado: simboliza a matéria, o mundo das ações e realizações físicas, num plano de existência puramente terrestre;
-Pentágono e pentagrama: como pentágono, lembra o quinto elemento, o éter. Como pentagrama ou estrela de cinco pontas, emana vibrações de liberdade de ação e de pensamento; 
-Hexágono e estrela de seis pontas: o hexágono indica o campo de atuação da busca espiritual. A estrela de seis pontas ou estrela de Davi representa a fé aplicada à vida material e a fé transformada numa ligação real com Deus. 


Como usar as Mandalas

A Mandala pode ser utilizado de vários modos: desenvolvimento pessoal, desenvolvimento espiritual, promoção de cura, harmonização de pessoas e ambientes, rituais, magia, dança, decoração, arte, arquitetura.
Então, podemos dizer que a Mandala serve para ativar, energizar, irradiar, concentrar, absorver, transformar, transmutar, curar e espiritualizar as pessoas que trabalham com elas, um ambiente que se quer fazer especial ou até mesmo para algo que se quer alcançar.
Existem muitas maneiras de aproveitar a energia emanada pelas mandalas. Olhar para as mandalas é a primeira maneira de receber suas emanações positivas. Ao olhar uma mandala, sua estrutura começa a agir em nosso interior e gera modificações energéticas para as quais ela está programada.
O primeiro cuidado é escolher a mandala certa para olhar. Prepare um lugar calmo e isolado. Pode haver música, incenso, velas… O essencial é poder estar ali em paz e sem ser interrompido. Coloque o desenho na sua frente e feche os olhos. Faça respirações profundas. Quando estiver mais concentrado, abra os olhos e olhe diretamente para a mandala. Procure deixar sua mente livre de preocupações. Permaneça olhando quanto tempo quiser. Se ficar cinco minutos, irá se sentir bem e em harmonia. Se ficar 15 minutos, irá restaurar sua energia interior e exterior. Se ficar 30 minutos, bem concentrado no desenho, provavelmente acabará meditando com a ajuda da mandala.


Se você escolheu o número…

1. Terás alegria. Prosperidade. Saúde para você e sua família. Novos ganhos. Evolução. Expansão. Vitalidade e bem estar. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

2. Para você, o sucesso. Aceitação. Conquistas financeiras. Promoção profissional. Alcançando o que deseja. Sorte e bons rendimentos. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

3. Haverá a aquisição de algo que muito precisa. Presentes. Herança. Trabalho. Poder. Força. Saciedade. Esportes. Amor familiar. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

4. Renovação no amor. Paixão. Saúde. Realizações. Premiação. Deus é contigo. Encanto e beleza. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

5. Mais crescimento. Ascensão. Alcançando metas. Superação. Nobreza. Muitas Melhorias. Rendimentos. Namoro e felicidades (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

6. Evolução. Novidades. Compras excelentes. Fortunas. Equilíbrio. Paz e mesa farta. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

7. Riqueza. Recebimentos. Conseguirás o que buscas. Praia com areia branca e água deliciosa. Um legado e serás bem-sucedido. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

8. Progresso. Enriquecimento. Dinheiro. Amor. Cachoeira. Vitória. Paz de espírito e alegria. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

9. Vitória. Recebimentos. Boas Noticias. Fortuna. Diversão. Férias. Tesouro e muita exultação. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

10. Alegrias mil. Inovações. Felicidades. Abastança. júbilos. Fartura. Amigos e um amor. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

11. Novidades. Doçura em sua vida. Confiança. Amor próprio. Segurança. Querer é Ter. Lucros diversos. Autoestima crescente e muitas realizações. (agora compartilhe e curta esta página pra ter mais sorte e se realizar)

12. Fortuna à vista. Valores maiores. Alegrias inesperadas. Surpresa com novas conquistas. Prosperidade em seu caminho. Amor. Beleza. Jovialidade. (agora compartilhe e curta a página pra ter mais sorte e se realizar)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Em Terra de "Egos", quem vê o outro é Rei

Você é um Trabalhador da Luz em Missão na Terra? Descubra!

O Sentido da Vida